08/08/2013

Tente se imaginar em um país estranho...


       
 
        Tente se imaginar em um país estranho que fala uma outra língua e que tem uma cultura totalmente diferente da sua... Agora tente se imaginar como um estrangeiro vivendo no ambiente universitário... Talvez se pensarmos em países que são culturalmente parecidos com o nosso isso não soe tão estranho assim, mas tente imaginar estudantes africanos, asiáticos ou mesmo sul-americanos com costumes totalmente diferentes dos nossos...

       Com o “boom” da economia brasileira cada vez mais estrangeiros escolhem o Brasil como um lugar para complementar seus estudos, seja para cursar uma pós-graduação, mestrado ou doutorado ou nos intercâmbios comuns em qualquer graduação. Nas principais faculdades aqui do Rio não é uma situação incomum encontrar aquele estrangeiro com dificuldade no português tentando se virar pelo campus durante o semestre.

       Tente imaginar alguém que não domina nossa língua tentando entender contratos de locação de um lugar pra morar, a burocracia dos tramites acadêmicos, pedir uma comida que não conhece num restaurante, encontrar uma encomenda extraviada no correio, tirar um documento, registrar uma ocorrência numa delegacia... Tudo é mais complexo e mais difícil.

       O tempo em que estão aqui é um tempo de descobertas, de mudanças, uma experiência marcante que vão levar pra toda vida. Eles estão abertos ao novo, a repensar valores, a entender de outras formas, crenças e verdades... Muitos destes estudantes não estão “perdidos” apenas em relação a ambientação em uma cultura diferente, mas também perdidos em relação a questões pessoais e espirituais.

       É nosso dever de anfitrião e de cristão ajudá-los. Ser amigo de um estudante estrangeiro é uma mão dupla de benefícios. Ao mesmo tempo em que você irá ajudá-lo estará aprendendo sobre uma nova cultura, uma nova língua, um novo país. Talvez até conseguindo aquela passada no país de origem dele... Mas para além dessas possibilidades, você pode cumprir o seu chamado e influenciar espiritualmente alguém que um dia irá embora daqui. Alguém que irá multiplicar isso em lugares que talvez, pessoalmente, você não poderia estar.
       Diante disso gostaria de te convidar a orar...

  • Pelos desafios que os estudantes estrangeiros enfrentam ao chegar no Brasil  

  • Para que experiência deles aqui inclua conhecer cristãos que vão testemunhar de Cristo e compartilhar de seu amor
  • Para que Deus nos levante como um movimento espiritual que poderá ser resposta para o clamor desses estudantes estrangeiros

"O Eterno é o seu Deus, um Deus tremendo e Poderoso. Ele não tem favoritos, não aceita suborno, assegura aos órfãos e às viúvas um tratamento justo e se preocupa com os estrangeiros, providenciando roupa e comida pra eles..." Deuteronômio 10-17 e 18 (Versão A Mensagem)

#DiaDoEstudante

Data: 09/08
Horário: 18h às 21h
Local: 1ª Igreja Presbiteriana Independente do Rio de Janeiro
Rua Ibituruna n° 126 - Maracanã.

0 comentários:

Postar um comentário